Cartas de São Tiago – parte 2

A corujada estava em festa. Tudo mudou na cidade de São Tiago. Nos últimos instantes do dia 30 de junho, do nada, a eleição ganha novos candidatos. Tudo ocorria para a santa normalidade para São Tiago, mas algo novo muda a eleição. Francisco, eterno candidato à prefeitura da cidade, passa o cetro para o Filho, Francisco Júnior Neto. A tradição de ter homens “públicos” e caricatos na prefeitura reproduz com bastante intensidade, tendo os filhos a prova de fogo de sobreviver a uma eleição.
Chamo de corujada os candidatos que sempre estão de olhos abertos para novas oportunidades. Imagine o slogan da campanha do Francisco J. N. – um olhar jovem para uma cidade jovem… ou Sangue novo na política São Tiaguense? Tudo isso em uma formula de manipulação, jogos de interesse e muita, mas muita picuinha.
O Chiquinho que se cuide. A eleição em São Tiago é coisa pra gente grande. Se não tiver preparado pra encarar o pleito, cai de peito no chão.
Mas dai você me pergunta: como que é estar preparado para o pleito de São Tiago? Tenha três coisas: apoio das raposas da cidade, dinheiro e dinheiro. POr que coloquei dinheiro duas vezes? Se gasta muito dinheiro na eleição. No último pleito, a cidade movimentou 5 milhões de reais. 2.5 de cada candidato. E dai ninguém entende por que falta dinheiro para construir escolas, estradas, hospitais e mesmo para comprar papel higiênico.
Mas existe candidato honesto? Sim, existe. Mas este não se elege. Este, que é trabalhador, sonha com um mundo melhor, mas que gagueja na frente dos eleitores, e que mal consegue formular uma frase de efeito é quem poderia exercer melhor o cargo. Cheira igual ao povo, pensa como povo, come comida do povo, e paga imposto igual ao povo. Pois bem, ele não tem a dignidade para exercer a vereança. Precisa de algo a mais, principalmente se for verdinhas, azuizinhas e amarelinhas….
Em São Tiago, tem-se a tradição dos Churrascões. A delícia de pratos suculentos, feitos a base de muito carinho é o motor da disputa. De saco vazio, o povo não para em pé – e nem vota direito. Pensando como pensa os nossos políticos, é um negócio da China, tão eficaz como trocar toneladas de pau-Brasil por um espelho vagabundo. Dar comida por voto. Que idéia geninal! Ao invés de dar dinheiro, dar comida, churrasco. Cerveja, picanha, maionese com arroz, farofa. Tudo por um trabalho de digitar alguns números, e ir embora, depois de 15 segundos. 15 segundos mais bem pagos do que o ano inteiro de sofrimento e privações, em casas apertadas e filhos chorando com frio e fome, ausentes da escola. Fora o desemprego, na militância quase diária pela sua recolocação no mundo da exploração.
Voltando a eleição: existem dois enfoques da campanha: para os esclarecidos e para as massas. São formas de agir diferentes, pensar diferentes, e também de angariar votos diferentes. No bairro do capacho alto, que é da burguesia, há a distribuição de jornais da campanha, broches, discussões, mesmo que pontuais e superficiais, dos problemas da cidade, como a carga tributária e investimentos na manutenção da rodovia da cidade, que liga São Tiago com a capital.
Na periferia (quer dizer, no resto da cidade), a campanha é outra: distribuição de dinheiro, de comida, de dentaduras, de camisinhas (com a foto do candidato, num relampejo de prazer inculcado na cabeça dos eleitores) e de outras bugigangas compradas a preço de banana.
Continuo escrevendo, colocando os detalhes da eleição mais importante do século.

Anúncios

~ por professormateus em julho 2, 2008.

Uma resposta to “Cartas de São Tiago – parte 2”

  1. Muito massa esse… Legal mesmo… Depois faço um comentário masi elaborado… Vou ler o último texto agora.. beijoss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: